Kerygma

A FÉ QUE VENCE AS COMPLEXIDADES DA VIDA

Posted on: Janeiro 3, 2009

TEXTO: Marcos 5.25-34

Os problemas jamais podem nos afastar de Deus. O apostolo João disse: “… Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” (1 João 5:4).

Marcos é o Segundo livro do NT, considerado o mais antigo dos Evangelhos. Marcos destaca principalmente a atividade constante e a autoridade de Jesus. Jesus vai de um lugar para outro, anunciando a vinda do REINO DE DEUS, ensinando multidões, fazendo milagres e curando doentes.
O Evangelho de Marcos foi escrito para leitores gentios em geral e leitores romanos em particular. Por volta do ano 60 d.C., quando o Cristianismo já havia chegado à capital do império romano.
Esse Evangelho enfatiza o que Jesus fez em lugar daquilo que disse. É um livro de ação (a palavra “imediatamente” ocorre mais de 40 vezes). O Evangelho de Marcos retrata Jesus Cristo como “O Servo”. É por isso que podemos dividi-lo em duas partes principais: “o serviço do Servo” e o “sacrifício do Servo”.
O texto chave do Evangelho de Marcos é “Pois o próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (10.45).

Jesus cura uma mulher que há 12 anos sofria de uma enfermidade! Nós aprendemos com esse fato que é possível vencer as complexidades da vida quando nos aproximamos de Jesus com fé. Ao se aproximar de Jesus com fé, aquela mulher VENCEU algumas complexidades:

A PRIMEIRA COMPLEXIDADE VENCIDA: O RELIGIOSISMO

A verdadeira religião é aquele que nos une a Deus e não aquela que nos separa. Muitas vezes temos observado os valores do reino sendo deixados de lado, enquanto uma atenção demasiada é dada às tradições, a história, aos valores, aos costumes, etc, não que isso não seja importante.

O religiosismo é legalista, olha para si, ao invés de olhar para a comunidade e para o indivíduo. Olha para os seus sentimentos ao invés de olhar para Cristo. Não é seguidor de Cristo, é saciador de si próprio. Acho que quem inventou o cantinho da disciplina não foi a Super Nani, mas sim um pastor que conheci em Gouvelândia (cidadezinha aproximadamente 350 km de Goiânia), lá o irmão (a) disciplinado (a) ficava impedido de receber a simpatia dos demais irmãos, até se reconciliar com Cristo na presença da igreja

“Vindo por trás dele, por entre a multidão, tocou-lhe a veste”. Com o seu gesto ela estava vencendo o modelo religioso de sua época. Religiosamente, segundo a lei, aquela mulher era impura, isto é, ela não podia participar das celebrações religiosas, ela não podia adorar junto com outras pessoas, nem realizar qualquer coisa ligada ao culto a Deus.

ALGUÉM IMPURO – segundo a lei era INCAPAZ DE ADORAR. Os judeus não entendiam o espírito interior da lei, em detrimento a isso havia muita rigidez na prática dos ritos e tradições. A Lei é sobrenatural o seu valor é intimo eles não entendiam. Os JUDEUS DAVAM MUITA ATENÇÃO AO ASPECTO EXTERIOR DA LEI.

Amados, existem tantas manias e modismos em nossos dias que nos excluem da adoração. Existem tantas atitudes por parte de líderes e até mesmos de irmãos que nos afastam da adoração.

Em 87, quando ainda não tinha conhecimento do Evangelho, entrei em uma igreja evangélica e fiz o sinal da cruz fui impedido naquela noite de participar do culto. Entre 90 e 91, quando Goiânia estava passando por uma renovação no campo da música, lá estava eu adorando no culto, quando fui interrompido por um dos líderes da comunidade e levado para fora do culto (meu desejo era de não voltar mais àquela igreja).

A grande verdade, que precisamos saber, é que não existe uma formula ou uma receita para adoração. Existe sim o convite a vir a Jesus para adorar. Davi disse o seguinte: Digo ao SENHOR: “Tu és o meu Senhor; outro bem não possuo, senão a ti somente” (Sl 16.2). A sujeira exterior não nos separa de Deus e sim a impureza no coração.

A SEGUNDA COMPLEXIDADE VENCIDA: O MEDO

Muitas pessoas não são abençoadas porque têm medo. Essa mulher é um exemplo. Ela venceu as suas complexidades emocionais. Se houvesse psicólogo naquela época, provavelmente ela teria gastado muito dinheiro. Olha só a situação daquela Mulher: O texto não menciona seu nome, era uma mulher excluída da comunidade religiosa, excluída da sociedade, tomada pela vergonha (veio por trás) e também pelo medo, Sobretudo ela vence todo o medo: Ela dizia consigo mesma: “Se eu apenas lhe tocar as vestes, ficarei curada”.

Mesmo enfrentando todas as complexidades que uma mulher poderia enfrentar, mesmo sendo insignificante e mesmo em face do quê poderiam pensar dela. Ela venceu todos os seus medos e foi abençoada por Jesus.

O apostolo João diz o seguinte: “Ora, o medo produz tormento”; (1 Jo 4.18). “O tormento produzido pelo medo” nada mais é do que um total estado de aflição, de angústia, de intranqüilidade e sofrimento, conseqüência das ansiedades produzidas pelos males que sofremos nesta vida. Aquela mulher estava atormentada pelo seu mal há 12 anos.

Nós aprendemos que:

É preciso ter coragem para vencer as complexidades. Davi quando viu o gigante, ele não temeu pelo contrário, enfrentou a situação na força do Senhor; Mesmo sentindo o peso e o tormento daquela cruz, antecipadamente o Getsêmani, Jesus não teve medo. Foi até o fim. Morreu por você e por mim.

Há certas situações que precisamos enfrentar!
Conheço uma história de uma mãe que certa feita pegara o filho furtando. Por medo não quis confrontá-lo. Ele cresceu se tornou um assaltante. Mais tarde a mãe ao visitá-lo na prisão foi acusada pelo próprio filho: “É por sua culpa que eu estou aqui! Se naquele dia a senhora tivesse me disciplinado eu não estaria aqui”. Quais são os medos que você precisa enfrentar?.

A TERCEIRA COMPLEXIDADE VENCIDA: AS LIMITAÇÕES HUMANAS

O que fazer quando os recursos da vida se exaurem?
12 anos sofrendo de uma hemorragia;
Sofreu muito nas mãos de vários médicos;
Gastou tudo o que tinha;
Em vez de melhorar piorava;

Recursos humanos de nada adiantaram e, agora, não havia mais dinheiro? Observamos aqui! até onde alguém pode chegar! E nós não somos diferentes desta mulher! Enquanto podemos lutar usamos toda nossa força e recursos, sobretudo há situações que não podemos lutar.

Não sou do tipo que gosta de usar esses jargões prontos, sobretudo o nosso Deus é o Deus do impossível.
Ele abriu o ventre daquelas que não podiam ter filhos;
Coisas extraordinárias aconteceram!;
Ele cuidou do seu povo no deserto;
Mar e rios se abriram;
Mudos e surdos foram curados;
Leprosos e paralíticos foram restaurados;
Tempestades foram acalmadas;
Pessoas oprimidas pelo Diabo foram libertas;
Mortos foram ressuscitados. A Filha de Jairo é exemplo disso!

CONCLUSÃO


Aassim como aquela mulher recebeu o bem de Jesus ao acreditar que poderia ser possível vencer as complexidades da vida, assim também podemos vencer sentimentos que nos afastam da adoração.
Podemos vencer o medo que nos afligem e também nossas limitações. Precisamos exercitar nossa total confiança em Deus. Ele é a fonte de todo o bem. Tiago vai nos ensinar que “Toda boa dádiva são lá do alto”.

Mensagem publicada por: Pr. Alexandre Rodrigues de Souza

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Sobre o Blog

"O propósito desta página é ajudar àqueles que amam a Deus e Sua Palavra, auxiliando todos os que estão envolvidos direto ou indiretamente em atividades ministeriais"

Pr. Alexandre Rodrigues

Calendário

Janeiro 2009
M T W T F S S
    Fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Para refletir

"A distinção entre as ações virtuosas e pecaminosas foi gravada pelo Senhor no coração de todos os homens". João Calvino

Nuvens de Tag´s

Top 10

  • Nenhum

Arquivos

RSS Kerygma – Anunciando o Evangelho de Cristo

%d bloggers like this: