Kerygma

REVALAÇÃO DIVINA – I

Posted on: Janeiro 9, 2009

Parte I
Salmo 19.1-14; Efésios 3.1-13; 2 Timóteo 3.14-17; Hebreus 1.1-4

Tudo o que sabemos sobre o Cristianismo nos foi revelado por Deus. Revelar significa “tirar o véu”. Tem a ver com remover a cobertura e descobrir algo que está encoberto.

Se queremos conhecer a Deus de verdade, temos de depender daquilo que ele revela sobre si mesmo em sua Palavra. A especulação fútil sobre Deus é mera tolice!

A Bíblia declara que Deus se revela de várias maneiras. Manifesta sua glória na natureza e por meio dela. Revelou-se nos tempos antigos por meio de sonhos e visões. As marcas da sua providência se manifestam nas páginas da História. Revela-se nas Escrituras inispiradas. O ponto mais alto da sua revelação é visualizado em Jesus Cristo, tornando-se ser humano

O autor da Carta aos Hebreus escreveu:
“Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo” (Hebreus 1.1-2).

Embora a Bíblia fale das “diversas maneiras” em que Deus se revela, distinguimos entre dois tipos de revelação – “a geral e a especial”.

Conteúdo geral
A revelação geral nos proporciona o conhecimento de que Deus existe. “O céus proclamam a glória de Deus”, dis o salmista. A glória de Deus é manifesta nas obras das suas mãos. Essa manifestação é tão clara e visível que nenhuma criatura pode deixar de percebê-la. Ela revela o poder eterno de Deus e sua divindade (Rm 1.18-23). A revelação na natureza, porém, não proporciona uma revelação plena de Deus, pois não nos fala sobre o Salvador que encoantramos na Bíblia.

Público geral

Nem todas as pessoas no mundo já leram a Bíblia ou ouviram a proclamação do Evangelho. A luz da natureza, porém, brilha sobre todos, em todos os lugares, em todo o tempo. A revelação geral de Deus acontece diariamente. Deus nunca fica sem um testemunho de si mesmo. O mundo visível é como um espelho que reflete a glória do seu Criador.

À luz da força da revelação geral, todo ser humano sabe que Deus existe. O ateísmo (grupo que
negam categoricamente a existência de Deus), envolve a negação total de algo que é reconhecido como verdadeiro. Por isso a Bíblia diz: “Diz o insensato no seu coração: não há Deus” (Sl 14.1).

Quando as Escrituras tratam tão severamente o ateu, chamando-o de “insensato”, elas estão fazendo um julgamento moral dele. Ser insensato, em termos bíblicos, não significa ter pouco entendimento ou falta de inteligência; é ser imoral. “Como o temor do Senhor é o princípio da sabedoria, assim a negação de Deus é o máximo da loucura”.

Semelhante, o agnóstico (grupo que afirmam ser impossível ao entendimento humano a compreensão e a comprovação dos fatos pertinentes a Deus), nega a validade da revelação geral. Não negam terminantemente a existência de Deus, pelo contrário, declaram que as evidências são insuficientes. À luz da clareza da revelação geral, entretanto, a posição do agnosticismo não é menos abominável para Deus do que a do ateísta.

Para qualquer pessoa, porém, cuja mente e coração estão abertos, a glória de Deus é maravilhosa de se ver – desde os bilhões de universos no firmamento, até as partículas subatômicas que formam a menor das moléculas. Que Deus incrível nós servimos!
Esboço
  1. O cristianismo é uma religião revelada.
  2. A revelação de Deus é uma auto-manifestação. Ele remove o véu que nos impede de conhecê-lo.
  3. Não podemos conhecer a Deus por meio de especulaçao.
  4. Deus se revelou de várias maneiras ao longo da História.
  5. A revelação geral é comunicada a todos os seres humanos.
  6. O ateísmo e o agnosticismo são baseados na negação daquilo que as pessoas sabem ser a verdade.
  7. A insensatez tem por fundamento a negação de Deus.
  8. A sabedoria tem por fundamento o temor de Deus.

publicado por: Pr. Alexandre R. de Souza

Bibliografia: Verdades Essenciais da Fé Cristã de R. C. Sproul/Editora Cultura Cristã

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Sobre o Blog

"O propósito desta página é ajudar àqueles que amam a Deus e Sua Palavra, auxiliando todos os que estão envolvidos direto ou indiretamente em atividades ministeriais"

Pr. Alexandre Rodrigues

Calendário

Janeiro 2009
S T Q Q S S D
    Fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Para refletir

"A distinção entre as ações virtuosas e pecaminosas foi gravada pelo Senhor no coração de todos os homens". João Calvino

Nuvens de Tag´s

Top 10

  • Nenhum

Arquivos

RSS Kerygma – Anunciando o Evangelho de Cristo

Anúncios
%d bloggers like this: