Kerygma


DE JERUSALÉM AO BRASIL

Parte V



A Chegada do Evangelho ao Brasil



Os seguidores de Lutero e Calvino se espalharam imediatamente por toda a Europa. Dentro de poucos anos França, Países Baixos, Escócia e Inglaterra foram alcançados pelos pregadores do evangelho. A seguir os pregadores vieram para o continente americano. E assim o evangelho chegou também ao Brasil. A primeira tentativa de implantação da igreja evangélica em nosso país foi feita pelos franceses, que invadiram o Rio de Janeiro em 1557. Eles pretendiam fundar aqui uma colônia cujo nome seria França Antártica. O grupo era composto por católicos e huguenotes (nome dos presbiterianos franceses). A colônia devia caracterizar-se pela tolerância religiosa. Três pastores acompanhavam o grupo, com o objetivo de dar assistência religiosa aos colonos e pregar o evangelho aos nativos. A invasão fracassou e eles foram expulsos em 1567.



Uma segunda tentativa foi feita com os holandeses, que invadiram o nordeste de nosso país. Em 1624 uma esquadra holandesa chegou a Salvador, na Bahia, onde ficou até março de 1625. Expulsos da Bahia, os holandeses se organizaram e invadiram Pernambuco em 1630. Em 1654 eles foram definitivamente expulsos de nosso país, e as igrejas evangélicas que eles haviam implantado no nordeste desapareceram.



Apartir de 1808, com a abertura dos portos decretada por Dom João VI, começaram a chegar os imigrantes. Esse processo de imigração se intensificou a partir de 1850. Muitos desses imigrantes eram evangélicos, e vinham acompanhados de pastores para dar-lhes assistência religiosa. Mas o catolicismo era a religião oficial, e qualquer outra religião era proibida. Por isso, os pastores estavam proibidos de pregar aos brasileiros.



Em 1840 Dom Pedro II iniciou o seu reinado. O imperador era bastante liberal e assim houve uma abertura para a vinda de missionários para pregar aos brasileiros. O primeiro a chegar foi Robert R. Kalley, escocês, médico missionário. Ele chegou em 1855, procedente da Ilha da Madeira, onde havia enfrentado tremenda perseguição. A seguir chegou Ashbel Greem Simonton, missionário presbiteriano.



Simonton chegou ao Rio de Janeiro no dia 12 de agosto de 1859. Tinha apenas 26 anos de idade. Era formado pelo Seminário de Princeton e ordenado pastor pelo Presbitério de Carlisle. Embora tivesse estudado português em Nova York, Simonton não tinha domínio de nossa língua suficiente para pregar aos brasileiros. Por isso, enquanto aprendia melhor o português, ele se dedicava ao trabalho de evangelização dos estrangeiros que aqui residiam ou que por aqui passavam.



No dia 22 de abril de 1860, Simonton dirigiu o primeiro trabalho em português. Era uma escola dominical. A assistência total somava cinco pessoas: três crianças e duas moças. Dois anos depois, recebia os dois primeiros membros: um norte-americano e um português. Simonton faleceu em São Paulo, no dia 8 de dezembro de 1867. Mas o trabalho de evangelização e organização de igrejas continuou.



Os missionários metodistas chegaram em 1878; e os batistas em 1882. Felizmente, hoje a igreja evangélica está presente em todas as partes de nosso país.





CONCLUSÃO



“Edificarei a minha igreja” – disse Jesus – “e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16.18). Homens fraudulentos e a influência do mundo pagão desviaram a igreja dos ensinos de Jesus. Mas sempre existiram servos fiéis, que não se conformavam com o erro e clamavam por um reforma. Lutero deu início ao movimento vitorioso. Outros continuaram seu trabalho. E assim surgiu a igreja evangélica.

Cada igreja cristã é um lado visível da invisível Igreja de Cristo. Uma igreja local é uma organização eclesiástica. Como organização, ela necessita de princípios e normas para se conduzir. Mas a igreja é mais do que uma simples organização. Ela é um organismo. É o corpo de Cristo. “Ora vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo” (1 Co 12.27).

Jesus Cristo é a cabeça do corpo, da igreja. Por isso cada membro, como parte desse corpo, deve ser obediente ao Senhor Jesus Cristo.

Publicado por: Pr. Alexandre R. de Souza

Bibliografia: Fundamentos da Fé Cristã/Adão Carlos Nascimento/Editoa SOCEP

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Sobre o Blog

"O propósito desta página é ajudar àqueles que amam a Deus e Sua Palavra, auxiliando todos os que estão envolvidos direto ou indiretamente em atividades ministeriais"

Pr. Alexandre Rodrigues

Calendário

Março 2009
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Para refletir

"A distinção entre as ações virtuosas e pecaminosas foi gravada pelo Senhor no coração de todos os homens". João Calvino

Nuvens de Tag´s

Top 10

  • Nenhum

Arquivos

RSS Kerygma – Anunciando o Evangelho de Cristo

Anúncios
%d bloggers like this: